Punição por dano moral ao paciente que difama médico na rede social

Paciente pode gravar a consulta?
março 6, 2020
Médico pode rejeitar paciente?
maio 20, 2020
Mostrar tudo

Punição por dano moral ao paciente que difama médico na rede social

Ao emitir opiniões e comentários nas redes sociais, os autores são responsáveis pelas consequências da manifestação de seu pensamento, podendo ser condenados pelo dano que causarem a terceiros, mesmo que os médicos não sejam usuários da rede social.

Têm sido muito frequentes as manifestações abusivas de pacientes descontentes com o atendimento nas redes sociais. Se você foi vitima de abusos, confira abaixo o que pode ser feito: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
1. Primeiro, é importante registrar tudo que está sendo publicado na Internet. Anote URLs, tire prints das telas, salve todas as informações possíveis. Vale lembrar que é vital guardar os cabeçalhos das mensagens e, se possível, ir a um cartório para fazer uma declaração de fé pública para comprovar o fato em questão ou lavrar uma ata notarial do conteúdo. Esses procedimentos são essenciais tendo em vista a facilidade com que os conteúdos podem ser retirados do ar antes de se colher as provas, já que a internet é dinâmica;
2️. Evite interagir com as publicações. Imediatamente procure respaldo legal para proposição de ação, seja penal e ou cível, para reparação dos danos morais sofridos, retratação e criminalização da conduta do ofensor;
3️. Como dispõe a lei, a vítima poderá exigir que cesse a lesão aos seus direitos, através de uma ação judicial requerendo a retirada do conteúdo ofensivo da mídia, rede social;
4️. A conduta abusiva no mundo virtual também pode sofrer sanções na esfera criminal, pois a lesão à honra profissional e à imagem da vítima pode ser tipificada como crime: difamação, calúnia e injúria.

Como sabemos, muitos profissionais de saúde não têm tempo para procurar os seus direitos e deixam de lado o problema para “não se incomodar”. Entretanto, essa postura precisa mudar. Quando os médicos começarem a buscar a responsabilização, os pacientes pensarão duas vezes antes de praticar qualquer conduta ofensiva contra o médico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?